E aí pessoal, tudo bem? Hoje trouxe mais uma polêmica por aqui! Vocês já ouviram falar em Macaquinho, certo? “Normalmente” usado e adorado pelas mulheres, é uma versão curta do macacão. Não falo dos nossos amigos primatas não, e sim dessa peça de roupa.

Vocês já devem estar pensando: Peraí Edu, o que tu está falando? Macaquinho é ou vai ser tendência para homens? Vamos à explicação… A idéia surgiu quando uma marca americana lançou um projeto chamado RompHim e tinha como meta arrecadar US$ 10 mil em 30 dias, OK. Mas logo nos primeiros 5 dias o valor chegou a US$ 290 mil, e esse valor foi crescendo e hoje já é muito maior.

A peça é feita de tecidos leves para trazer mais conforto, refrescância, estilo e principalmente atitude. Claro que essa peça de roupa não tem a ver com o clima atual do Brasil, mas a polêmica está aí, e se vocês acham que o macaquinho masculino nunca existiu antes da RompHim, se enganam. Era algo muito raro de se ver, mas até Sean Connery, o James Bond de 1964 (símbolo de masculinidade) já usou.

 

Qual a minha opinião sobre essa polêmica? Ainda não tenho uma 100% formada, mas acho que é uma peça difícil de ser absorvida pelo público masculino, principalmente aqui no Brasil, por não combinar muito com o ambiente urbano e sim para um dia de praia ou piscina.

Mas e vocês, o que acham? Usariam esse macaquinho masculino da RompHim? Em qual situação? Separei algumas fotos pra vocês analisarem e tirarem suas conclusões e formar uma opinião.

A Osklen também já apresentou o macaquinho no SPFWN42

 

Me conta aqui nos comentários sua opinião!

Fui…

Share: